As Virgens de Vivaldi - Barbara Quick

asvirgensdevivaldi.jpg

A Veneza do século XVIII, do alto de seu esplendor e decadência, é recriada pela autora deste romance. Personagens e contexto históricos construídos a partir de pesquisa e imaginação literária numa história de desejo e intriga, verdades ditas pela metade e mentiras venenosas. 'As Virgens de Vivaldi' apresenta a história de Anna Maria dal Violin, uma personagem real que viveu em Veneza no início do século XVIII. Orfã moradora do Ospedale dela Pietà - orfanato onde as crianças recebem orientação musical - Anna Maria, apesar de muito jovem, desperta o interesse de Vivaldi devido à sua excelente habilidade com o violino. A protagonista, que narra a história já na idade adulta e por meio de cartas que escreveu quando criança, é talentosa e trabalha arduamente no aprimoramento de suas qualidades artísticas. Contudo seus maiores desejos são - descobrir quem é sua mãe biológica e conhecer o mundo fora do orfanato. Isto a leva a fugir para fora de sua casa e cair no submundo de Veneza, cidade onde durante metade do ano as pessoas usam máscaras e se enclausuram no anonimato do carnaval. 'As Virgens de Vivaldi' lança um olhar no interior da fonte da herança musical de Vivaldi, que se entrelaça com a história de uma jovem à beira da maturidade em lugar e época marcantes.